IMPORTANTE AVISO LEGAL: - IMPORTANT DISCLAIMER: (por favor leia / please read)

CARLENE CARTER - Primeiros 4... (1978/81)

Avatar do Utilizador
serialkromo
Posteador
Mensagens: 385
Registado: 15 abr 2020, 09:37
Contacto:

CARLENE CARTER - Primeiros 4... (1978/81)

#1

Mensagem por serialkromo »

CARLENE CARTER - Primeiros 4... (1978/81)

Carlene Carter sempre ultrapassou a linha entre o country e o rock e seguiu seu próprio caminho. Começando sua carreira como cantora de rock em meados dos anos 70, ela ficou imersa na nova onda no final dos anos 70 antes de emergir como uma nova cantora country no final dos anos 80. Ao longo de tudo isso, sua música sempre infundiu a música de raiz - seja country ou rock & roll - com uma energia nervosa e nervosa. Carlene é filha de June Carter e Carl Smith, que se divorciaram quando sua filha tinha apenas dois anos. June frequentemente levava sua filha em turnês da família Carter, o que significava que Carlene desenvolveu um interesse musical em tenra idade. Quando ela tinha 12 anos, sua mãe se casou com Johnny Cash. Após o casamento, Carlene e sua meia-irmã, Rosanne Cash, tornaram-se cantoras de apoio no show de turnê Carter/Cash. Aos 15 anos casou-se com Joe Simpkins e teve um filho; eles se divorciaram em poucos anos. Carter se matriculou na faculdade como pianista no final da adolescência, mas nunca se formou. Aos 19, ela se casou com Jack Routh e teve outro filho; eles se divorciaram em dois anos.

ImagemImagem

Em 1978, ela decidiu seguir uma carreira musical, indo para Los Angeles, onde recebeu um contrato de gravação com a Warner Bros. Seu álbum de estreia, Carlene Carter, foi um disco de rock & roll gravado em Londres com a banda de apoio de Graham Parker, The Rumour. No ano seguinte, ela lançou seu segundo álbum, Two Sides to Every Woman, que contou com o apoio dos Doobie Brothers. Nesse mesmo ano, ela se casou com o cantor/compositor/produtor Nick Lowe, que atualmente era o co-líder da banda de revival Rockpile. Lowe ajudou Carter a moldar sua direção musical no início dos anos 80, e seu terceiro álbum - Musical Shapes (1980) - mostrou a influência de Lowe, Rockpile e Dave Edmunds. Embora o álbum tenha sido aclamado pela crítica, foi um fracasso comercial. Ela seguiu Musical Shapes em 1981 com Blue Nun, que continuou a seguir uma nova direção do país das ondas; como seu antecessor, foi ignorado pelos compradores de discos. Durante o início dos anos 80, Carter foi desligada da comunidade do campo porque estava morando na Inglaterra com Lowe. Depois de Blue Nun, ela parou de gravar, optando por fazer shows solo; ela também teve um papel de protagonista na produção teatral Pump Boys and Dinettes. O casamento de Carter e Lowe desmoronou em meados dos anos 80 e ela voltou para os Estados Unidos, onde se tornou parte da turnê Carter Family...

Gostaram deste post: 0 x
Os meus Links têm um período de tempo MUITO curto.

Não garanto ACTUALIZAÇÕES dos mesmos.

  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Visualizações
    Última Mensagem

Voltar para “Country”

×